Cavalo de tração, esgotado e abandonado,morre

cavalomortoA aaai foi solicitada a socorrer um cavalo que se encontrava debilitado e doente no Bairro Getúlio Vargas. Mesmo medicado e alimentado  pela aaai e moradores do local durante vários dias,  o cavalo foi a óbito no dia 21.08.

 

O caso do cavalo pode ser caracterizado como  de maus-tratos e abandono, pois um animal precisa regularmente de alimentação, de  água; e de atendimento veterinário quando apresenta  algum problema de saúde.

É lamentável que o cavalo tenha servido a seus donos para o trabalho enquanto esteve saudável e com força, recebendo em troca o abandono quando apresentou problemas de saúde, aliás causados por exploração incompetente de suas forças. Por fim sequer água e alimento lhe deram.

É oportuno lembrar que vários municípios têm programas de atenção a cavalos e carroceiros para orientar e apoiar os carroceiros e fazer o atendimento básico aos cavalos. Um programa dessa finalidade tem função social à medida que serve à manutenção do carroceiro, e cumpre a lei ao garantir o direito dos animais ao acesso a cuidados veterinários. O programa que cadastra  carroceiros  e  cavalos permite coibir maus-tratos e abandono dos animais.

Por que Ijuí não avança na ética de respeito aos animais e no cumprimento da legislação que garante seus direitos?cavalomorto

{fcomment}

409 Total de Visualizações 1 Visualizações Hoje

Deixe uma resposta